Onde colocar caixa de passagem e quando o seu uso é obrigatório?

A eletricidade alimenta os dispositivos que fazem o nosso dia a dia funcionar, de geladeiras a TVs e máquinas industriais. No entanto, fazer com que ela seja configurada e distribuída corretamente em residências e empresas pode não ser tão simples quanto parece. Assim, quando se fala sobre a segurança de uma instalação elétrica, é comum que surjam muitas dúvidas como, por exemplo, sobre quando usar caixas de passagem e onde colocá-las.

Então, onde colocar e quando usar caixas de passagem?

Sempre que você une fios durante uma instalação, é recomendado que você coloque as conexões em uma caixa de passagem. Essa é uma medida essencial porque, mesmo que você torça os fios juntos com segurança e enrole as pontas com fita isolante, ainda há a possibilidade de que os surtos de corrente superaqueçam os fios, apresentando risco de incêndio.

Por isso, se você quer saber onde colocar e quando usar caixas de passagem, é importante ter em mente que a instalação desse componente é um precursor para adicionar qualquer dispositivo, como um interruptor ou receptáculo, a um circuito. Afinal, ajuda a evitar incêndios que podem ocorrer quando os fios sobreaquecem e também protege as pessoas de entrarem em contato acidentalmente com fios energizados. 

Em alguns casos, é normal que, ao fazer a instalação, o eletricista minimize o número de caixas necessárias para a fiação. Isso ocorre principalmente quando interruptores, luzes e receptáculos são instalados de forma que podem servir como invólucros para fios emendados. 

No entanto, você precisará instalar outra caixa se houver necessidade de fazer novas conexões, mas não tiver como fazê-las dentro de uma caixa existente. Ou, então, por exemplo, se houver um erro de cálculo que resulte na necessidade de emenda devido a um cabo muito curto para chegar ao seu destino.

Independentemente do motivo, nestes casos, é essencial saber onde colocar as caixas de passagem, mantendo a localização padronizada e de fácil acesso, e respeitando o correto distanciamento entre elas, que deve ser:

  • Em linha reta: para tubulações internas deve ser até 15 metros e externas até 30 metros;
  • Em curvas: o limite de 15 e 30 metros devem ser reduzidos em 3 metros a cada curva de 90º.

Mas quando usar caixas de passagem é obrigatório?

Sim, também existem algumas especificações sobre quando usar caixas de passagem é obrigatório. Essas especificações, determinadas pela norma NBR 5410 da Associação Brasileira das Normas Técnicas, ou ABNT, incluem todos os pontos em que existir entrada ou saída de condutores, por exemplo.

Mas não para por aí, já que o uso das caixas de passagem também é obrigatório em qualquer ponto que houver emenda ou derivação de algum condutor e sempre que for preciso fazer alguma segmentação na tubulação.

Conte com a Kraus-Muller!

Agora que você já sabe um pouco mais sobre quando usar caixas de passagem e onde colocá-las, respeitando o correto distanciamento entre elas, é hora de escolher componentes resistentes e de alta qualidade. Por isso, conheça a linha de produtos Kraus-Muller e solicite uma cotação sem compromisso agora mesmo!

ENTRE EM CONTATO
CONOSCO

Disponibilizamos canais exclusivos para que você possa tirar todas as suas dúvidas, solicitar orçamentos e obter um atendimento personalizado!

TEM ALGUMA DÚVIDA?
ENTRE EM CONTATO
PREENCHA O
FORMULÁRIO

Caso prefira, preencha os campos do formulário que nós entraremos em contato com você o mais rápido possível!

Como você prefere que retornamos o contato? (Opicional)

Olá!

Gostaria de receber uma ligação?