Instalação Elétrica Predial: Riscos e Perigos

A instalação elétrica predial é uma parte fundamental da construção de um prédio. Isso porque é a responsável pela segurança e qualidade da energia que chegará em todos os ambientes do mesmo. Entretanto, instalações defasadas e sem manutenção são uma realidade perigosa de muitos edifícios, tanto residenciais quanto comerciais.

Em uma casa, a instalação elétrica já pode ser bem complexa. Imagine então a de um prédio. Se não seguir as normas de segurança e for mal dimensionada, a instalação elétrica predial oferece riscos de choques elétricos e até incêndios.

Instalação elétrica predial: como funciona?

A energia percorre quilômetros entre a usina hidrelétrica e as tomadas de um ambiente, passando por estações, subestações, postes de distribuição e outros. Isso até chegar em cada unidade consumidora. Ali ela é controlada por um relógio que marca o consumo e pode ser desligada por uma chave-geral.

Como a energia é distribuída de acordo com a necessidade de cada ambiente, os cômodos com maior demanda recebem cabos mais potentes. Em prédios, ainda, há a distribuição para cada apartamento.

A instalação elétrica predial abrange a implementação física dos componentes e a conexão entre a fonte geradora e as cargas elétricas. Por isso, utilizam-se diversos equipamentos e elementos para distribuir a energia elétrica. Falando por cima, existem os condutores, pontos de iluminação, interruptores e pontos de tomada. Cada um desses componentes possuem normas específicas que são adotadas para evitar acidentes e aumentar a vida útil da instalação elétrica.

Cuidados gerais com a instalação elétrica predial

Uma pequena parcela do valor total de uma obra deve ser investido na rede elétrica. Por isso, às vezes, na tentativa de economizar, coloca-se a instalação elétrica em risco. Evite esse problema e economize em outros itens. Quando se trata da eletricidade, é preciso adquirir produtos que ofereçam um desempenho melhor, uma maior vida útil e também mais segurança.

Para garantir não só a eficiência, mas também a segurança da instalação elétrica predial, é necessário, antes de mais nada, contar com:

Profissionais capacitados

A rede elétrica é um assunto sério que não se resume apenas em ações simples, como acender uma lâmpada ou ligar um aparelho eletrodoméstico. Por isso, é importante contar com profissionais qualificados. Eles devem ter conhecimento técnico e estar em dia com as normas de segurança que uma instalação elétrica predial exige.

Contratar profissionais capacitados e experientes é fundamental para que o projeto seja seguro e funcione.

Materiais de qualidade

Os materiais utilizados em uma instalação elétrica predial devem estar de acordo com as especificações e necessidades técnicas. Para garantir o sucesso do projeto, então, estes materiais devem ser de qualidade e ter boa durabilidade. Uma rede elétrica com ferramentas e equipamentos precários podem ocasionar diversos problemas, gerando despesas extras, retrabalho e riscos para a segurança de todos.

A lista dos materiais necessários varia de acordo com cada projeto de instalação elétrica predial. Contudo, alguns deles são essenciais:

  • Iluminação e lâmpadas;
  • Tomadas;
  • Interruptores;
  • Tubos e conexões;
  • Caixas e quadros;
  • Fios e cabos.
  • Prensa-Cabos Metálicos

Há mais de 20 anos no mercado, a Kraus-Muller vem conquistando o público com a qualidade e funcionalidade de seus produtos. Com aprimorada tecnologia, a empresa apresenta uma linha exclusiva de produtos, que atendem aos mais rígidos padrões de qualidade, para aplicação nos segmentos de instalações elétricas, como os prensa-cabos metálicos e muitos outros.

Riscos de uma instalação elétrica predial

Toda instalação elétrica está suscetível a falhas. Entretanto, acidentes em uma instalação podem e devem ser evitados.

Uma instalação elétrica predial antiga, que não foi bem planejada e/ou que não tenha manutenção periódica tem o risco iminente de curto-circuito, explosão e até mesmo incêndio. Fora esses problemas mais graves, ainda há o risco de haver os chamados apagões, o que causa prejuízo para os condôminos.

Tanto a análise das instalações elétricas prediais quanto a manutenção delas é um dever do síndico. Ele, ou a empresa administradora, precisam estar atentos a alguns sinais que indicam que uma ajuda profissional deve ser procurada, como por exemplo:

  • Queda constante de energia;
  • Queda de disjuntores,
  • Superaquecimento de tomadas;
  • Luz piscando;
  • Fumaça;
  • Pequenos choques.

Se um acidente elétrico for causado devido a negligência, tanto o síndico quanto o condomínio podem ser responsabilizados.

Essa foi a nossa explicação sobre instalação elétrica predial e seus riscos. Acompanhe as notícias em nosso blog, abordamos a importância de uma instalação elétrica segura e o uso de materiais de qualidade, como caixas de passagem, prensa-cabos e conduítes, confira!

Olá!
Olá, deixe o seu contato, retornaremos para você!

Nós Te Ligamos Deixe seu número para receber uma ligação

Um total de 5 pessoas já preencheram este formulário

Agendar Ligação

Um total de 5 pessoas já preencheram este formulário

Deixe uma Mensagem

Um total de 5 pessoas já preencheram este formulário

LIGAR