Instalação elétrica hospitalar

Quadro Comando Hospitalar

A instalação elétrica hospitalar é parte essencial para pacientes que dependem de aparelhos para sobreviver ou respirar adequadamente. Inclusive, diversos equipamentos nas salas de UTI e outras ferramentas como as máquinas de diálise e de radiologia, entre outras, são essenciais para o funcionamento do hospital, portanto, não pode haver nenhuma falha elétrica em nenhum setor.

Instalação elétrica hospitalar: o que é preciso saber?

A instalação elétrica hospitalar precisa obrigatoriamente ter um grupo de baterias, sistemas de breaks, geradores de energia, fontes de alimentação duplicadas para equipamentos selecionados e painéis elétricos de distribuição de energia. Além desses detalhes, outros também precisam ser citados, confira!

Quais as áreas que precisam de mais atenção?

De acordo com as normas específicas da infraestrutura hospitalar, os setores que precisam de mais atenção e não podem apresentar nenhuma falha ou interrupção de energia, são as salas de UTI, de parto, de endoscopia, de urologia, de radiologia, de anestesia, centros cirúrgicos, salas de gesso, pós operatório, hemodiálise, ressonância e núcleos de pediatria e cardiologia.

 

O período máximo que um equipamento hospitalar pode ficar sem energia elétrica é de 0,5 segundos. Se passar desse tempo, o aparelho pode desligar, o que pode causar danos irreparáveis para os pacientes. Outro fator a ser levado em consideração é de que alguns equipamentos eletrônicos são mais sensíveis a perturbações e interferências do que outros. Assim, a necessidade de um grande suporte para manter a energia com qualidade e constante é essencial para que funcionem corretamente.

Por que o aterramento em hospitais é tão importante?

Além de ser indispensável para qualquer sistema elétrico, o aterramento em hospitais é muito importante pois fixa um potencial de energia entre os condutores, elimina a incidências de choques e descargas elétricas e protege o sistema em caso de falhas no isolamento.

A manutenção é muito importante

Manter a manutenção da parte elétrica do hospital em dia é muito importante para evitar acidentes. Fios e cabos desgastados, aparentes, soltos, que apresentam mal cheiro de queimado e causam falhas em algumas ferramentas precisam de manutenção urgente.

 

Contar com uma equipe de manutenção especializada e que saiba como atuar em hospitais e centros médicos é um grande diferencial, pois nenhum detalhe ficará de fora.

Conte com a Kraus-Muller

Essa foi nossa explicação sobre instalação médica hospitalar. Acompanhe as notícias em nosso blog. Nele, abordamos a importância de uma instalação elétrica industrial segura e o uso de materiais de qualidade, como caixas de passagem, prensa-cabos e eletrodutos corrugados, confira!

Olá!
Olá, deixe o seu contato, retornaremos para você!

Nós Te Ligamos Deixe seu número para receber uma ligação

Um total de 5 pessoas já preencheram este formulário

Agendar Ligação

Um total de 5 pessoas já preencheram este formulário

Deixe uma Mensagem

Um total de 5 pessoas já preencheram este formulário

LIGAR