Blindagem de rede, como é feita?

blindagem-de-rede-como-e-feita

O furto de energia prejudica a qualidade do serviço prestado pela distribuidora, além de trazer prejuízos de bilhões de reais e colocar em risco a população. É um crime que extorque por dia uma média de 5% da população nacional de energia e, só nos primeiros quatro meses de 2019, resultou na prisão de 87 pessoas em 89 ações de fiscalização. Por isso, é cada vez maior a preocupação de elaborar estratégias, como a blindagem de rede, por exemplo, que reduz as fraudes, e pode ser feita utilizando alguns produtos disponíveis no mercado como soluções antifurto.

 

O que é blindagem de rede elétrica?

O furto é quando alguém puxa a energia por conta própria sem o conhecimento da distribuidora. A fraude, também chamada de “gato”, é caracterizada pelo rompimento de lacres e a manipulação do relógio de medição de consumo com o objetivo de diminuí-lo. É algo que faz parte da realidade de grande parte das cidades do país, sendo uma complicação para as empresas nacionais do segmento de energia.

 

A blindagem de redes elétricas, então, é uma aliada importante na briga com a ilegalidade de energia. Ela serve para minimizar esse roubo, protegendo contra o vandalismo todos os pontos considerados frágeis dos componentes da rede elétrica. Então, se a dúvida é para que serve blindagem elétrica, saiba que se uma coisa traz riscos para as pessoas, logo é algo que precisa ser combatido. Por esse motivo, a blindagem serve para evitar que aconteçam alguns problemas complexos como:

 

Acidentes

Quem faz furto de energia coloca em risco não só a sua própria vida, mas de quem vive na região também. A pessoa que resolve fazer uma ligação clandestina pode sofrer uma descarga elétrica fatal e coloca em risco os moradores dali e os pedestres.

 

A blindagem serve para dificultar que aconteçam acidentes que poderiam atingir a população.

 

Danos aos equipamentos de distribuição

Curtos-circuitos têm mais chances de acontecer quando há furto de energia, por causa das ligações clandestinas que muitas vezes são feitas sem o conhecimento necessário. Além disso, o fornecimento de energia pode parar por conta de uma sobrecarga na rede.

 

Ou seja, a blindagem da rede também previne possíveis problemas técnicos.

 

Como é feita a blindagem de rede?

A blindagem não é realizada apenas nos caos, mas em toda a infraestrutura e equipamentos da rede elétrica. Para blindar a rede e, dessa forma, diminuir o roubo de energia, existem alguns itens antifurto. Eles impedem que os sinais de alta frequência e os campos elétricos deixem o circuito blindado para irem para os circuitos que estão próximos. Além disso, esses produtos dificultam o alcance ao interior dos cabos, de onde a energia é roubada. No mercado, estão disponíveis várias opções para blindar a rede, entre elas podem se destacar por exemplo:

 

 

  • Protetor de emenda antifurto: possui corpo macho e fêmea com nylon PA6 e parafusos torquimétricos irreversível M6. Serve para cabos de até 150 mm² e SealTubo de 1”, envolve e protege a derivação de ramais que é um ponto muito exposto e suscetível a fraude. Passaram por ensaios de 2.000 horas em teste de U.V. conforme Norma ASTM G-155 teste 1 e não propaga chama;
  • Protetor de cabos BT: serve para cabos BT multiplexados de até 150 mm², tem sistema click para ser instalado, não precisando de cola e não permitindo reabertura. Passaram por ensaios de 2.000 horas em teste de U.V. conforme Norma ASTM G-155 teste 1 e não propaga chama;
  • Blindagem na roldana: possui corpo macho e fêmea em nylon PA6 e parafusos torquimétricos irreversível M6. Protege um ponto frágil da rede que é suscetível a furto de energia;
  • Sealtubo de blindagem especial: é um conduíte de fita metálica de excelente maleabilidade, malha trançada de metal e cobertura de PVC flexível. Possui a mesma resistência do tubo galvanizado e é possível ampliar as camadas de malha extras;
  • Prensa-cabos 40 daN: feito em nylon com proteção UV para caixas em que é necessária uma resistência a tração de cabos de 40kg. Possui sistema de travamento interno com parafusos, o que impede o deslocamento do cabo pela parte externa da instalação;
  • Prensa-cabos 10 daN: também feito em nylon com proteção UV, foi projetado para ter resistência a tração de cabos de 10Kgf e possui travamento da porca cônica.
  • Lençol Metalizado: É uma membrana asfáltica impermeabilizante auto-adesiva, pré-fabricada e aplicada a frio, própria para efetuar a proteção de cabos para BT.

 

 

A Kraus-Muller atua no mercado de proteção de energia há 20 anos. Trabalhando em conjunto com concessionárias e desenvolvendo soluções para as necessidades das distribuidoras de energia elétrica, elabora itens que blindam os pontos frágeis da rede.

 

Essa foi a nossa explicação sobre o que é blindagem de rede. Acompanhe as notícias em nosso blog, abordamos a importância de uma instalação elétrica segura e o uso de materiais de qualidade, como caixas de passagem, prensa-cabos e conduítes, confira!

Envie-nos um Whatsapp!

Olá!
Olá, deixe o seu contato, retornaremos para você!

Agendar Ligação

Um total de 5 pessoas já preencheram este formulário

Deixe uma Mensagem

Um total de 5 pessoas já preencheram este formulário

Nós Te Ligamos Deixe seu número para receber uma ligação

Um total de 5 pessoas já preencheram este formulário

Estamos completando 20 anos! Há duas décadas, desenvolvemos produtos exclusivos para o segmento de instalação industrial elétrica. Parabéns para todos os colaboradores e clientes que confiam em nossas soluções e fazem parte dessa história!